Sintra assegura Centro Multinacional de Treino de Helicópteros

O presidente da Câmara Municipal de Sintra, Basílio Horta, o ministro da Defesa, João Cravinho, o Chefe do Estado-Maior da Força Aérea, general Joaquim Borrego, e o director executivo da Agência Europeia de Defesa, Jorge Domecq, estiveram reunidos esta terça-feira (16 Julho) em Sintra, no seguimento do anúncio da decisão de que o centro multinacional de treino de helicópteros vai ficar instalado na base aérea de Sintra, onde funcionará a partir de 2021.

Basílio Horta aproveitou a oportunidade para agradecer a escolha de Sintra para instalar o novo centro de formação multinacional de helicópteros, que contará com um investimento português de quatro milhões de euros. “Quero deixar uma palavra de reconhecimento ao ministro da Defesa pelo excelente trabalho, nomeadamente na articulação realizada com Sintra, que honra este município, mas acima de tudo prestigia Portugal”, destacou o autarca.

Basílio Horta manifestou a vontade de o município continuar disponível para assegurar que “este seja mais um projecto de sucesso em Sintra”, “estruturante para o reforço da atractividade do concelho”. Opinião partilhada pelo ministro da Defesa, que assinalou que este centro de formação será de “grande valor acrescentado tanto para Sintra, como para a Força Aérea e para o País, como também para a formação de pilotos e tripulações de helicóptero dos países da União Europeia”.

Segundo informação divulgada por uma fonte do Ministério da Defesa, o centro multinacional de treino de helicópteros a instalar em Sintra irá formar pilotos e tripulações de pelo menos 18 países europeus. A saber: Alemanha, Áustria, Bélgica, Chipre, Croácia, Eslovénia, Espanha, Finlândia, Grécia, Hungria, Itália, Portugal, Reino Unido, República Checa, Sérvia, Suécia, Suíça e Ucrânia.

Autor: Redacção

Deixar um comentário