Basílio Horta visita obra do Eixo Verde Azul

O presidente da Câmara Municipal de Sintra, Basílio Horta, visitou recentemente, no âmbito da presidência aberta à união das freguesias de Massamá e Monte Abraão, a obra do Eixo Verde e Azul onde já está em construção um anfiteatro, junto à estação da CP de Queluz/Belas.

A Câmara Municipal de Sintra está a promover a construção do Eixo Verde Azul, projeto com o objetivo de proporcionar a deslocação pedonal e em bicicleta entre a Serra da Carregueira em Belas e a foz do rio Jamor. Este trajeto que se inicia numa zona de matas do interior do Concelho desenvolve-se ao longo do Rio Jamor até à foz, no Concelho de Oeiras. Os trabalhos incluem a renaturalização, melhoria da qualidade das massas deágua e requalificação do espaço envolvente ao Rio Jamor e seus afluentes.

Para Basílio Horta, o Eixo Verde e Azul “concretiza a estratégia integrada derequalificação do rio Jamor e das suasmargens, da nascente à foz, aumentando a oferta de espaços verdes, e assim contribuir para a melhoria da qualidade de vida e dos espaços das cidades”, e sublinhou “que se trata de uma mudança qualitativa na Área Metropolitana de Lisboa, visto que somos o único concelho que já está a trabalhar, onde já começaram as obras”. Trata-se de uma obra “ambiciosa” e que, de acordo com o edil, “vai devolver às pessoas aquilo que lhes pertence”.

No âmbito desta empreitada que decorre simultaneamente em várias frentes de trabalho foi realizada intervenção no Parque Urbano Felício Loureiro, em Queluz na área que margina o rio Jamor, onde os caminhos foram requalificados, passando a integrar um uso pedonal e por bicicletas, em condições de conforto e segurança, tendo sido reaplicado o mobiliário urbano existente e que será complementado com novos e elementos e sinalética a introduzir.

No troço compreendido entre a rotunda do Jamor e a rotunda de acesso à es- tação de Queluz na qual está prevista a instalação da ciclovia, foram já preparadas as bases paraa sua instalação, prevendo-se que até meados de Fevereiro logo após a instalação dos novos candeeiros de Iluminação Pública, seja possível concluir os trabalhos em pavimento drenante.

O Eixo Verde e Azul concretiza a estratégia integrada de requalificação do rio Jamor e suas margens, da nascente à foz, aumentando a oferta de espaços verdes, e assim contribuir para a melhoria da qualidade de vida e dos espaços das cidades.

O “Eixo Verde e Azul” estabelece uma estratégia integrada de intervenção destinada a criar e consolidar um eixo ecológico, que atravessa os concelhos da Amadora, de Oeiras e Sintra. Numa primeira fase, o investimento estimado é de cerca de 11 milhões de euros.

Autor: Redacção

Deixar um comentário