Cascais não devolve IRS a contribuintes

Tal como tem vindo a acontecer nos últimos anos, o município de Cascais não vai devolver qualquer parcela dos 5,0 por cento da receita de IRS a que tem direito aos contribuintes residentes no concelho, optando por arrecadar a totalidade da receita do imposto sobre o rendimento de pessoas singulares.

Nos quatro concelhos abrangidos pela cobertura noticiosa do jornal ‘O Correio da Linha’, o município mais simpático para com os contribuintes é, mais uma vez, a Amadora, que optou por devolver 1,2 por cento da fatia de 5,0 por cento do IRS cobrado aos seus residentes pelas Finanças do Estado.

Por sua vez, o município de Sintra mantém a devolução de 1,0 por cento com que tem vindo a beneficiar os seus munícipes desde hávários anos, enquanto Oeiras vai abdicar de uma pequena parcela de 0,3 por cento da sua receita de IRS, um pouco mais do que os 0,2 por cento devolvidos em 2018 e 2019.

O Estado transfere para os municípios 5,0 por cento do total da receita de IRS arrecadada com os residentes nos seus territórios. Este ano, foram 134 as autarquias que decidiram abdicar de parte desta receita e devolver a diferença aos munícipes. Por outro lado, 174 municípios resolveram não dar qualquer ‘desconto’.

Autor: Redacção

Deixar um comentário