Vespa asiática encerra parte do Parque da Pena em Sintra

A descoberta de um ninho de vespa asiática obrigou a encerrar temporariamente a zona ocidental do Parque da Pena, onde está localizado o Chalé da Condessa d’Edla, um ex-libris do Turismo de Sintra.

A informação foi avançada esta segunda-feira (16 Setembro) através de um comunicado difundido pela empresa Parques de Sintra – Monte da Lua, que assegura a gestão daquele espaço.

A destruição do ninho desta espécie invasora, que tem vindo a surgir em várias regiões do Norte e Centro de Portugal e a causar alerta (nomeadamente junto dos apicultores por ser carnívora, devorar abelhas e dizimar as colmeias), obrigou a encerrar temporariamente parte do Parque da Pena ao público. 

A vespa asiática constrói ninhos de grandes dimensões que chegam a albergar mais de dois mil exemplares. Quando atacadas podem ser perigosas e lançar perseguições ao longo de centenas de metros. 

Ainda recentemente, no final de Agosto, as autoridades camarárias foram obrigadas a encerrar o Jardim da Quinta das Conchas e dos Lilazes, em Lisboa, por também aí ter sido detectado um ninho de vespa asiática, que está a surgir cada vez mais a Sul do território nacional.

Autor: Redacção

Deixar um comentário